Reflexões sobre o início do BLW

BLW 7 meses. Nara 7 meses.

Nara comendo espaguete aos 7 meses.

👆 No #BLW queremos que o bebê estabeleça uma relação prazerosa com a comida e que respeite seu corpo comendo sempre O QUE, QUANTO e QUANDO deseja.

👆 É tentador querer ajudar o bebê, colocar a comida em sua boca, especialmente no começo. Tente não tornar isso um hábito, o bebê pode se sentir pressionado e já não estará atendendo aos sinais naturais de fome e saciedade.

👆 Precisamos ter em mente que nascemos sabendo comer e que comer é natural. Deveríamos confiar mais no bebê e permitir que ele seja guiado por seu comedor intuitivo interno (falarei sobre isso mais para frente, num post sobre Alimentação Intuitiva).

👆 A ideia do prato limpo é cultural e interfere na autorregulação. Deveríamos permitir que o bebê coma o que é suficiente para ele e não esperar que raspe o prato.

👆 Tente não elogiar o bebê por ter comido bem ou reprimi-lo por ter comido pouco ou nada. Comer bem não tem nada a ver com comportar-se bem, e sim com respeitar os sinais naturais do corpo.

E aí, fazem sentido pra vocês essas reflexões?

0 Comentários para "Reflexões sobre o início do BLW"

    Deixar comentário

    Seu e-mail não será publicado.