BLW: Como começar

IMG_6820

No BLW, o bebê participa das refeições em família desde o início. Mas para isso precisamos ter refeições saudáveis e adequar o que ele vai comer (veja posts sobre a apresentação adequada dos alimentos aqui no blog).

É preferível começar com um alimento por vez, para observar possíveis reações alérgicas. Você pode oferecer uma fruta ou um legume no vapor, de preferência sem tempero algum, assim o bebê tem contato com o verdadeiro sabor do alimento.

Muita gente dizia que eu estava maltratando a Nara por dar comida a ela “sem sabor”. Mas o paladar do bebê é uma folha em branco, ele só tem o leite de referência, o sutil sabor de um brócolis ao vapor é uma explosão de novidade. Acredite, ela avançava em tudo com muito gosto e entusiasmo.

Pouco a pouco, aumentei a quantidade de opções de alimentos por refeição, deixando mais liberdade para ela mostrar suas preferências.

Preparando o café-da-manhã da Nara, aos 6 meses.

Preparando o café-da-manhã da Nara, aos 6 meses. Ofereça pouca quantidade, mas tenha sempre algo mais preparado à mão, já que o bebê vai derrubar a comida.

 

Quando entendi que ela já reconhecia o sabor dos alimentos separados, me aventurei a fazer misturas e provar receitas.

Algumas dicas bacanas para começar:

👆 Dias antes de começar, coloque o bebê no cadeirão e integre-o às refeições da família, assim ele vai entrando no espírito. Você pode oferecer talheres, louça e comidinhas de brinquedo para ele brincar, mesmo que ele ainda não coma nada.

👆 Quando ele estiver pronto, comece a oferecer alimentos. Lembre-se que é importante o bebê demonstrar interesse, não se preocupe se isso não acontecer aos 6 meses, cada bebê tem seu tempo.

👆 Não se prenda à rotina, ofereça comida quando o bebê estiver disposto (sem sono e sem fome), ele não precisa tomar café-da-manhã, almoço e jantar desde o primeiro dia e nem todos os dias.

👆 Certifique-se de que ele está bem sentado e ereto, assim ele conseguirá acionar bem os reflexos de gag. Também é importante que não esteja afundado, se preciso coloque uma toalha dobrada embaixo dele para que possa alcançar bem os alimentos.

👆 Prepare-se emocionalmente para enfrentar sujeira e desperdício, no começo vai ser assim mesmo 🙈.

👆 O bebê vai derrubar muita comida. Ofereça poucas porções, mas tenha sempre algo mais preparado à mão.

👆 Não crie expectativa de ver o bebê comer logo de cara, nesse início é comum eles só brincarem com a comida. Na realidade ele está aprendendo muitas coisas relacionadas ao ato de comer (como pegar o alimento, levá-lo à boca, como são as texturas, os sabores, as formas, as corese engolir é apenas uma delas. Curta cada aprendizado dele e confie na sua forma de guiar o processo.

👆 Não se prenda à quantidade, o objetivo da Introdução Alimentar é que o bebê descubra os alimentos no seu ritmo e aos poucos vá substituindo o leite pelos sólidos. Pense nas refeições como OPORTUNIDADES de aprendizado.

👆 Deixe o bebê livre para explorar os alimentos no tempo dele, mas não insista se ele se mostrar indisposto. Tente mais tarde ou no dia seguinte, não se angustie, o objetivo não é fazer ele comer, mas introduzir os sólidos.

👆 Tenha em mente que o BLW é um método lento e que cada bebê reagirá de um jeito aos primeiros contatos. É normal que uns brinquem muito e comam pouco, outros mastiguem e engulam de cara e outros nem toquem na comida. O bebê não sabe que aquilo alimenta, para ele é o leite que mata fome.

👆 Mantenha a livre demanda 💦 até o bebê completar 1 ano, lembre-se que nessa fase o sólido é complemento e o leite é o alimento principal (materno ou artificial).

 

Conhece alguém passando por esta etapa? Compartilhe esse post com outros pais e amigos que estão planejando a Introdução Alimentar de seus bebês.

0 Comentários para "BLW: Como começar"

    Deixar comentário

    Seu e-mail não será publicado.